Hipertrofia muscular o que é?

A hipertrofia muscular é a ampliação dos músculos, devido ao aumento das atividades celulares. A hipertrofia muscular acontece por vários fatores, sendo que em alguns casos ela pode se originar naturalmente, devido à dilatação do útero no período gestacional, ou durante o crescimento, ou por meio do consumo suplementar e da prática de exercícios para a musculatura. A Hipertrofia pode acontecer também por patologias como a hipertrofia do miocárdio (músculo cardíaco) e a Hipertrofia Benigna da Próstata (HBP).

No entanto, a hipertrofia muscular mais conhecida é aquela proporcionada por meio dos exercícios para aumentar a musculatura. O ganho de massa muscular exige do atleta muita disciplina e disposição, pois só acontece com um treinamento intenso e contínuo.

A hipertrofia muscular pode ser realizada por homens e mulheres, no entanto os homens têm maior facilidade em conseguir massa muscular. Mas, com treinos intensos e disciplinados, as mulheres podem chegar aos mesmos resultados usando sinedex360.

Hipertrofia muscular: como acontece

A hipertrofia muscular deve ter seu treinamento acompanhado por profissionais especializados. Para chegar a resultados melhores com a hipertrofia é necessário um treino específico, diferente daqueles realizados apenas para emagrecer ou para manter o corpo em forma. Além dos treinos mais intensos, é necessária também uma alimentação adequada ao treinamento, dieta que também deve ser elaborada por profissionais.

A hipertrofia dos músculos acontece devido ao treino que estimula a atuação dos hormônios de alguns tecidos. A junção da dieta ao treino intensifica os resultados, e sem um o outro é ineficaz. É por isso que a alimentação de quem está buscando pela hipertrofia deve ser rica em proteínas. E isso não significa inserir quantidades exageradas de esteroides e anabolizantes na dieta, mas sim manter uma alimentação adequada junto com um suplemento muscular como o Somatodrol.

Hipertrofia muscular e uso de suplementos

O crescimento muscular é consequente dos treinos e das proteínas na alimentação. Os suplementos, como o próprio nome já diz, devem ser consumidos como um auxílio para a dieta e não como a refeição principal.

Isso porque eles são ricos em aminoácidos, o que contribui com o atleta durante os treinos. Existem vários tipos de suplementos que são consumidos em horários diferentes, essas escolhas vão depender da duração e da intensidade dos treinos.

As pessoas em treinamentos de hipertrofia muscular devem ingerir cerca de 1.8 g de proteína por dia de acordo com o peso, e ainda cuidar de uma alimentação regrada. Porém, o consumo exagerado da suplementação é capaz de trazer danos à saúde, como obesidade, pois armazena gordura e ainda doenças renais.

Alguns suplementos ricos em proteínas como a caseína, soro do leite e albumina da clara (ovo) precisam ser consumidos conforme as necessidades totais de proteína, o exagero pode apenas prejudicar a saúde.

É importante lembrar que ingerir proteínas depois dos treinos de hipertrofia é fundamental, se for consumida com carboidratos. A suplementação deve ser consumida em 20 g de carboidratos e 10 g de proteínas, em um período de duas horas depois dos treinos.

O suplemento de proteínas também é indicado antes de dormir, no entanto a quantidade deve ser indicada por um profissional habilitado. Outros suplementos, como o de cadeia ramificada e a creatina, também são utilizados nos treinos de hipertrofia muscular.